Tipos de Carrapatos – Conheça os mais perigosos para a saúde de seu pet!

Existem mais de 800 Tipos de Carrapatos no mundo! Claro que nem todos transmitem doenças!

A Página do Pet vai falar dos principais Tipos de Carrapatos que podem causar desconforto e até doenças graves em nossos cãezinhos.

Os carrapatos são parasitas hematófagos, ou seja, se alimentam de sangue. Eles não são um tipo de inseto, são artrópodes vivem na pele de seus hospedeiros, sejam eles os cães, animais silvestres e até os humanos.




Diferentemente das pulgas que pulam, os carrapatos adultos são mais fáceis de serem observados, pois não possuem a mesma mobilidade.

Dessa forma, para saber se o seu animal está ou não com carrapatos, basta procurá-lo pelo corpo todo do cachorro, os tipos mais comuns são fáceis de serem vistos.

Eles costumam ficar em locais mais protegidos, como nas orelhas, entre os dedos, na virilha e axila. Mas podem estar em qualquer lugar do corpo e transmitirem doenças que podem ser graves!

Tipos de Carrapatos – Fique atento!

Alguns tipos de carrapatos são muito pequenos!
Alguns tipos de carrapatos são muito pequenos!

O que é o Carrapato ?

Os carrapatos são parasitas do tipo hematófagos, responsáveis por transmitir muitas doenças. Eles infectam diversos tipos de espécies de animais, como bovinos, equinos, roedores, cães, gatos e até mesmo o homem.




Existem mais de 800 Tipos de Carrapatos no mundo, mas há duas espécies mais comuns no Brasil. De forma geral, o carrapato vai ao solo para depor seus ovos.

Quando estes ovos eclodem, as larvas do carrapato sobem na vegetação à procura de um novo hospedeiro.

Características do Carrapato

Os Carrapatos dos Tipos mais comuns tem características parecidas:

  • Preferem locais quentes e úmidos
  • São artrópodes
  • São hematófagos
  • Se alimentam de sangue
  • Costumam atacar os cães nas patas, orelhas e pescoço
  • Habitam locais tanto urbanos quanto rurais

Tipos de Carrapatos

Dos muitos Tipos de Carrapatos existentes, dois são os mais comuns e perigosos para os cães e também para nós, humanos.




Estes tipos de Carrapato são o carrapato-estrela e o carrapato-vermelho-do-cão.

Carrapato-estrela

Estes tipos de Carrapato costumam se hospedar mais em cavalos e capivaras, mas pode também atacar cães e até mesmo humanos, é mais frequentemente encontrado em áreas com densa vegetação.




O carrapato é quem transmite a febre maculosa que atinge os animais e também os humanos. A Página do Pet esclarece que esta doença não é transmitida dos cães para os humanos ou vice-versa. A transmissão é feita através da picada do carrapato hospedeiro desta bactéria, dos tipos de carrapato.

O carrapato-vermelho-do-cão

Dos tipos mais comuns e também o mais preocupante, já que é facilmente encontrado em áreas urbanas.

Ele é o hospedeiro de doenças perigosas como a Babesiose, Doença de Lyme e principalmente a Erlichiose, ou “doença do carrapato” uma doença perigosa.

Dúvidas sobre os Carrapatos

Carrapato transmite doença para cachorros ?

Sim, os carrapatos transmitem doenças para os cachorros. Por isto é tão importante acabar com Carrapatos, sejam quais forem os tipos. Os sintomas das doenças variam conforme a forma de atacar o organismo.

Os carrapatos podem transmitir doenças de diversos tipos através de vírus, bactérias, protozoários e riquétsias. As doenças mais conhecidas transmitidas pelo carrapato são:

  • Febre maculosa
  • Doença de Lyme
  • Babesiose canina
  • Erliquiose canina

Como o cachorro pega o carrapato ?

Os carrapatos de diversos tipos vivem nos mais diversos ambientes e se adaptam muito bem até se “agarrarem” aos pelos do cachorro.




Nenhum Tipo de Carrapato comum é capaz de voar ou pular como as pulgas. Elas chegam até nossos pets andando e, depois, agarram-se a ele, perfuram a pele e começam a se alimentar com o sangue.

Depois de começar a sugar o sangue, os carrapatos ficam com seu corpo inchado permitindo que soltem um tipo de cola que serve na adesão ao animal e continuar se alimentando.

Qual o habitat do carrapato?

Os carrapatos, em especial dos tipos comuns, podem viver tanto em zonas urbanas quanto rurais, se adaptam facilmente a fazendas, gramados ou construções, se reproduzindo em quaisquer destes ambientes.

Daí porque a poda da grama é importante para a contenção do parasita, assim como produtos acaricidas.

Existem Carrapatos Perigosos ?

Sim! Existem carrapatos que causam doenças ao cães. Veja os tipos de carrapatos e quais doenças transmitem:

Febre Maculosa em cães

Trata-se de uma zoonose, ou seja, pode infectar também o ser humano. É transmitida pelos carrapatos dos tipos Amblyoma cajennense, infectado pela riquétsias – microrganismos que apresentam tanto as características das bactérias quanto de vírus.

Sua ocorrência é esporádica. No homem, a doença causa febre alta e manchas na pele.

Babesiose Canina

É causada por um protozoário, do tipo Babesia canis, infecta o carrapato. Este, ao se alimentar do sangue do cão, injeta o protozoário na sua corrente sanguínea.




A consequência desses tipos de contaminação é a destruição dos glóbulos vermelhos, o que causa uma anemia grave. Vários carrapatos podem ser infectados por esse protozoário.

Doença de Lyme ou Borreliose

Os Tipos de Carrapatos, Ixodes são os agentes transmissores. Geralmente causam lesões avermelhadas na pele e problemas articulares.

Como Remover o Carrapato do meu Cachorro

Ao avistar um tipo de carrapato agarrado em seu bichinho, você deve removê-lo o mais rápido possível. Além das doenças de muitos tipos que eles podem transmitir, também causam muita coceira e incômodos:

  • Pegue uma pinça e segure o carrapato o mais próximo possível da pele do animal
  • Puxe de forma firme e em linha reta para que o parasita se solte

 

Como retirar os carrapatos com segurança.
Como retirar os carrapatos com segurança.
Como retirar os carrapatos com segurança.
Como retirar os carrapatos com segurança.
Como retirar os carrapatos com segurança.
Como retirar os carrapatos com segurança.




Pode acontecer de a cabeça do carrapato ficar presa na pele do cão e isso nem sempre é um problema, acaba saindo de forma natural.

No entanto, de qualquer forma, o carrapato estava ali e, independente dos tipos, como já tinha picado o animal, se ele estiver infectado pode muito bem ter transmitido alguma doença para seu bichinho.

Por isso o mais indicado é que o animal seja levado ao veterinário para que ele faça uma avaliação e certifique-se de que o animal está saudável.

Além disso, ele também vai observar onde o carrapato esteve, indicar uma pomada para uma possível ferida que ali esteve e orientar procedimentos pra evitar infecções.

Aqui você aprendeu sobre os tipos de carrapatos. Leia mais sobre como acabar com os carrapatos aqui na Página do Pet!