Sarna em Cachorro – Tudo o que você precisa saber para proteger seu amigo!

A Sarna em Cachorro é uma doença infectocontagiosa causada por ácaros e que atingem a pele dos cães, causando muito desconforto e coceira.

Os ácaros estão por toda parte, na pele dos humanos e também na pele dos cães, mas nada de pânico! Os ácaros da Sarna em Cachorros são de tipos bem específicos.

Existem 3 tipos de Sarna em Cachorros, a Demodécica, a Sarcótica e a Otodécica, cada qual com um diferente ácaro transmissor e com sintomas bem diferentes um do outro.




A Página do Pet vai te ensinar tudo o que você precisa saber sobre a sarna!

Quais os tipos? Como tratar? É transmissível ao ser humano? Como prevenir?

São perguntas que todo dono de pet tem! Continue lendo e descubra tudo o que é preciso saber sobre Sarna em Cachorros!

Sarna em Cachorro -Saiba tudo!

 

A Sarna em Cachorro é transmissível! Proteja seu amiguinho de quatro patas!
A Sarna em Cachorro é transmissível! Proteja seu amiguinho de quatro patas!

 

O que é sarna canina?

A Sarna Canina é uma doença de pele infectocontagiosa, ou seja, pode ser transmitida de um animal a outro, e a depender da sarna, é transmissível até ao o ser humano.




É sempre causada por um de ácaro e pode ter graves consequências caso não seja tratada adequadamente.

Dependendo do de ácaro que provocar esta condição temos um tipo de sarna ou outro e, por isso, um tratamento específico.

Quando o cão fica infectado com Sarna Canina os ácaros se alojam na sua pele e pelos. Rapidamente começam a alimentar-se da pele, do sebo e da queratina, proliferando a grande velocidade.

Devido a esta infestação da pele, o cachorro sofre uma grande coceira que o leva a roçar, arranhar e até provocar feridas.

A Sarna Canina é classificada em 3 tipos, Demodécica, Sarcótica e Otodécica, cada qual de um tipo de ácaro transmissor.

É muito importante a detecção antecipada dos sintomas, uma vez que assim evitaremos o contágio nos outros animais de estimação e a gravidade do caso em particular.

O ideal é sempre consultar um médico veterinário para identificar o que seu cãozinho tem. Nem sempre que um cão se coça muito está doente de Sarna Canina!

Sintomas da Sarna em Cachorro

Os sintomas da Sarna Canina dependem do ácaro que o infectou, pois para cada tipo de sarna existem sinais clínicos diferentes.




A Página do Pet vai contar tudo!

A Sarna Canina Sarcóptica tem sintomas que aparecem entre 2 a 6 semanas depois do contágio:

  • Coceira tão intensa em que o cão não consegue parar de se coçar e morder as zonas afetadas
  • A coceira pode aparecer em qualquer parte do corpo, mas geralmente começa nas orelhas, focinho, axilas e ventre
  • Pele irritada e/ou com feridas e crostas
  • Perda de pelo localizada
  • Pele escurecida e engrossamento da pele
  • Debilidade e desânimo generalizado devido à impossibilidade do cão descansar pelo avanço da doença
  • Em etapas avançadas também se apresentam infecções bacterianas na pele

A Sarna Canina Demodécica tem uma condição diferente, que é ter dois tipos, generalizada ou localizada, ambas de sintomatologia diferentes.

Sarna Demodécica Generalizada:

  • Acomete áreas de perda de pelos na cabeça, pernas e tronco, formando grandes áreas de queda de pelos
  • A pele do cão se rompe e forma feridas e crostas, senso uma forma incapacitante da doença

Sarna Demodécida Localizada:

  • Evolui em manchas irregulares de perda de pelos de cerca de 2.5 cm de diâmetro
  • Em casos mais graves pode deixar a pele do cão de um aspecto avermelhado, escamas e infecções

Sarna Canina Otodécica:

  • Coceira intensa na orelha/ouvido do cachorro e de tanto ele coçar pode acabar ferindo a região
  • Acúmulo anormal de cera (cerúmen) no ouvido do cachorro
  • Otite

Como é transmitida a Sarna em Cachorro

Quando a Sarna Canina é Sarcóptica, ela é transmitida de um animal a outro, e é altamente contagiosa!




Outra forma de transmissão é através de objetos que tenham tido contato com o cão infectado, tais como camas, casinha, coleiras, etc.

A Sarna Canina Demodécica é muito comum nos primeiros a dias de vida dos filhotes, quando a adquirem de suas mães.

Quando os ácaros são em baixo número são considerados naturais na pele dos animais, porém, um sistema imunológico fragilizado faz com que haja uma alta incidência deste tipo de sarna.

Este tipo de Sarna é mais comum em certas raças de cães que já nascem com o sistema imunológico suscetível tendo a Sarna Demodécica Genética.

A Sarna Canina otodécica se transmite de um animal contaminado a outro.

Tipos de Sarna Canina

A Sarna Canina é classificada em 3 tipos, cada qual de um tipo de ácaro transmissor:




  • A Sarna Demodécica, causada pelo Demodex Canis, muito comum nos cães nos primeiros a dias de vida, quando a adquirem de suas mães
  • A Sarna Otodécica, causada pelo ácaro  Otodectes Cynotis, afeta somente os ouvidos do cachorro.
  • A Sarna Sarcóptica, causada pelo Sarcoptes Scabiei que vive dentro da pele dos cães infectados, causando coceira intensa

Sarna de Cachorro pega em humanos ?

A Sarna Canina do tipo sarcóptica também pode se transmitida aos humanos, apesar do ácaro não ser capaz de viver muito tempo em um humanos, podemos re-transmitir a Sarna para os cães.

Como tratar  Sarna em Cachorro

O Remédio para Sarna de Cachorro deve ser utilizado conforme o tipo de sarna e seus sintomas.

Remédios para Sarna em Cachorro

O Remédio para Sarna de Cachorro vai evitar o contágio em outros animais e ainda reduz o incômodo da coceira e das feridas.




Dentre as várias opções no mercado existem os sabonetes em barra, os shampoos e condicionadores, além das soluções líquidas em os aerossóis ou sprays.

A sarna sarcóptica pode ser curada e geralmente tem um bom prognóstico de tratamento, que costuma incluir algum xampu para matar os ácaros ou uma combinação de xampu e medicamentos.

Alguns acaricidas comuns no tratamento desta e outras sarnas são a ivermectina e o amitraz.

Outros cães que convivem com o cão afetados também devem ser avaliados pelo veterinário e tratados, mesmo se não apresentam sintomas.

A Sarna Demodécica pode ser tratada convencionalmente com diversos tipos de medicamentos. Veja alguns exemplos:
  •  Ivermectinas 
  • Moxidectinas
  • Milbemicinas
  • Doramectinas
  • Metaflumizonas
  • Amitrazinas
  • Outors antibióticos utilizados nos casos de infecções bacterianas
A Página do Pet alerta que nenhum tratamento é 100% eficaz quando falamos da Sarna Demodécica generalizada.
Para a Sarna Otodécica, indicam-se:
  • Advocate
  • Produtos a base de piretrina e permetrina

Dicas como Evitar a Sarna em Cachorro

 

O Mercado Livre é uma opção de compra de alguns medicamentos para tratar a Sarna em Cachorro.