Pitbull – Por trás do mito tem um cão amigo, leal e companheiro!

O Pitbull também conhecido como American Pitbull Terrier é um cachorro envolvido em mitos, mas muito popular nos esportes devido à sua agilidade, competitividade e obediência.

Pitbull é na verdade um termo genérico que se refere a um conjunto de raças de c~es como o American Pitbull Terrier, o American Staffordshire Terrier e o Staffordshire Bull Terrier, e os cruzamentos entre essas raças.

Quando fala-se apenas o termo Pitbull, refere-se na verdade ao American Pitbull Terrier, reconhecido pela F.I.A.P.B.T (Federação Internacional American Pitbull Terrier) e pela ADBA (American Dog Breeders Association).




Se em sua origem o Pitbull foi criado para lidar com touros, ao longo do tempo ele se transformou em um belo animal de estimação.

Criadores ressaltam que, apesar de seu passado de brigas, o Pitbull não é um cão naturalmente agressivo.

O Pitbull é dedicado, forte, muito apaixonado e com uma grande força de vontade.

Continue aqui na Página do Pet e saiba mais sobre este belo cão!

Você já conhece o Bull Terrier? Leia mais aqui!

Pitbull – Cara de mau?

Este é o Pitbull!
Este é o Pitbull!

Origem da Raça Pitbull

O Pitbull é uma raça de origem americana, mas existem divergências acerca de sua origem.




Alguns criadores afirmam que o Pitbull é mais antigo que os Bulldogs, devido à antigas gravuras que o mostram.

O Pitbull foi desenvolvido a partir de antigos exemplares dos Bull e Terrier, como um cão faz-tudo para fazendas, guardando porcos e gados.

Outros afirmam que ele foi criado para participarem de batalhas sangrentas com outros animais.

A teoria mais aceita é uma mistura destas duas, que inicialmente ele foi criado para trabalhos na fazenda e após começou a ser incentivado em lutas.

Raças que deram origem ao Pit Bull

O American Bull Terrier, nosso Pitbull foi desenvolvido a partir dos antigos tipos Bull e Terrier.

Características do Pitbull

O Pitbull é um cachorro forte e musculoso, mas saiba outras características comuns desta raça:

  • Cauda fina
  • Orelhas baixas
  • Grande porte
  • Pelagem curta e brilhante
  • Cerca de 45 cm de altura – fêmeas. Até 48 cm de altura – machos
  • Pesam até 38 k
  • Cores: todas são aceitas. Mais comuns: vermelho, azul, cinza, preto, branco e marrom
  • Altura: Cerca de 45 cm para fêmeas e 48 cm para machos.
  • Peso: Varia de 14 a 38 kg
  • Cabeça tipo tijolo, especialmente larga entre as bochechas

Aparência do Pitbull

Veja que bebê Pitbull mais lindo!
Veja que bebê Pitbull mais lindo!
Apesar da cara de mau, o Pitbull é um ótimo cão para a família
Apesar da cara de mau, o Pitbull é um ótimo cão para a família




Esta é uma das misturas de cores de Pitbull mais comuns
Esta é uma das misturas de cores de Pitbull mais comuns
Uma linda família de Pitbull
Uma linda família de Pitbull
Duas variações da cor preta do Pitbull
Duas variações da cor preta do Pitbull
Esta foto nós colocamos só para dar um recado: nunca faça isso com as orelhas do seu Pitbull. Além de criminoso é cruel
Esta foto nós colocamos só para dar um recado: nunca faça isso com as orelhas do seu Pitbull. Além de criminoso é cruel

Comportamento do Pitbull

Se você escolheu o Pitbull como animal de estimação, esteja pronto para desempenhar um papel muito importante na vida de seu cão. Seja o líder!




Socialize e treine seu Pitbull desde cedo sendo firme nas orientações. Assim você previne o comportamento agressivo, seja em relação á pessoas ou outros animais.

Caso você não tenha tempo ou interesse em investir tempo, dedicação e atenção para seu cão, escolha outra raça.

Um Pitbull bem treinado é doce com as pessoas e muito gentil, sendo o primeiro a ir receber as visitas e um ótimo amigo para crianças.

É uma raça de cão devotada e leal à família, adora ser adestrado e  aprende truques com facilidade.

Apesar de doce, se acontecer uma briga, o Pitbull não sairá dela enquanto não estiver terminada. Mantenha ele na coleira quando for passear!

O Pitbull adora mastigar e precisa ter bons brinquedos para se distrair. Amam caminhadas, jogos e outros exercícios!

Alimentação

A alimentação do Pitbull, assim como de todo pet, deve ser realizada de acordo com as necessidades nutricionais da raça, tamanho, peso e dispêndio energético.

Quando filhote o Pitbull deve ser alimentado com ração específica de 3 a 4 vezes ao dia. Quando adulto, após completar um ano de idade, faça a transição e o alimente duas vezes ao dia.

Siga instruções de quantidade na embalagem ou a orientação de um médico veterinário.

É possível incluir vegetais na alimentação do Pitbull. Além de serem saudáveis, alimentos crus ajudam a manter seus dentes limpos.

Saúde

O Pitbull é um cão forte, rústico e resistente, mas passível de problemas de saúde, como todo pet.




As principais doenças são os problemas de pele, em especial as dermatites e alergias à pulgas, grama, pólen, etc. Outra situação comum é a Sarna Demodécica.

Assim como em grande parte dos cães de médio a grande porte, ele pode sofrer com as displasias coxofemorais.

Como Cuidar de um Pitbull

O Pitbull é o cachorro ideal para pessoas que desejam lhe dar atenção. Seu temperamento mandão e sua teimosia exige um dono que lhe oriente e o treine desde cedo.

Outro fator muito importante é investir m uma boa socialização desde muito cedo, para que seu cachorro não se torne agressivo com outros animais.

Ele é um cão caseiro, não tolera climas frios e não deve ser deixado do lado de fora de casa.

Sua pelagem curta precisa de escovação semanal para o manter livre de pelos mortos. Banhos ocasionais ajudam a manter seus pelos brilhantes e macios ao toque.

Pitbull pode viver em apartamentos se fizerem exercícios suficientes. Eles precisam fazer muitos exercícios regularmente e de serem levados para longas caminhadas diárias.

Devido às suas origens de cão de briga, o Pitbull não é um animal que se adapta facilmente ao convívio em matilha, por conta da natureza da sua personalidade.

Apesar de se dar bem com as crianças em geral, ele não deve permanecer sozinho junto a crianças desconhecidas.

Mitos do sobre o Pitbull

Mencione a palavras Pitbull e veja um debate acontecer. Algumas pessoas, em resposta a percepções equivocadas sobre a raça, acreditam que todo Pitbull deve ser temido e sugerem até o banimento deles.




Defensores do Pitbull sabem que são cães amigáveis, leais e companheiros familiares amorosos.

Veja os mitos que mais envolvem o Pitbull:

Mito: Pitbull tem mandíbulas travadas e uma força maior do que outras raças.
Realidade: Não há mecanismos únicos nas mandíbulas do Pitbull e esses cães não podem travar a mandíbula.

Mito: Pitbull é feroz com as pessoas ou mais perigoso que outros cães.
Realidade: Não há espaço para agressão humana em no comportamento Pitbull, e a realidade é que a maioria deles não é agressiva com as pessoas; muitos são extremamente sociáveis e adoram crianças.

Um Pitbull que passe por uma avaliação comportamental não representa uma ameaça para as pessoas mais do que qualquer outro cão.

Mito: Adotar um Pitbull é o mesmo que adicionar qualquer outro tipo de cão em sua família.
Realidade: Enquanto em matéria de comportamento o Pitbull é excelente companheiro para as famílias. Mas a realidade é que adotar um Pitbull requer algumas considerações especiais:
• Agressões entre cães pode ser um problema com eles, e apesar de seus grandes esforços de socialização, um Pitbull pode se tornar agressivo até atingir a maturidade

• O Pitbull enfrenta a incompreensão e o preconceito de muitas pessoas que não sabem muito sobre ele. Assim, a adoção requer uma disposição para avaliar as preocupações de seus amigos e vizinhos e para educá-los sobre Pitbull em geral e sobre seu cão em particular.

Preço do Pitbull

É possível encontrar Pitbulls por preços diversos. O Mercado Livre dispões de filhotes custando entre R$ 800,00 e R$ 5.000,00.

Mais sobre o Pitbull

Veja aqui 5 motivos para ter um Pitbull!

Este vídeo de um Pitbull cuidando de um bebê ganhou o mundo!

Os Pitbulls mais lindos do mundo!