Pequinês – Um cão de companhia muito corajoso!!

O Pequinês é uma raça de cães bem antiga e gloriosa: somente a nobreza chinesa poderia ter um destes.

Levar um Pequinês para fora do Palácio Imperial era um crime punido com a morte!

Ao contrário do que muitos pensam, o nome Pequinês se deve a Pequim, na China, não a seu pequeno porte.




Estes adoráveis cães de companhia são destemidos, leais, inteligentes, independentes e bem teimosos.

Apesar de não serem do tipo que depende emocionalmente de seus donos, o Pequinês adora passar o tempo no colo.

Apesar de seu pequeno porte não os fazerem cães de guarda, sua bravura os faz enfrentar adversários de qualquer tamanho.




Continue aqui na Página do Pet e saiba mais sobre o Pequinês e veja lindas fotos.

Quer conhecer outros cães de porte pequeno? Veja o que a Página do Pet separou para você!

Tem curiosidade em saber mais sobre os gigantes? Saiba tudo sobre o São Bernardo, o Cane Corso, o Terra Nova e o Mastiff!

Pequinês – Pequeno tamanho e grande coragem!

Este é o Pequinês
Este é o Pequinês

Origem da Raça Pequinês

O Pequinês é uma raça de cães bem antiga, que começou a ser vista por volta de 800 d.C.




Há indícios de que ele tenha vivido na corte da dinastia T’ang, e ao contrário de muitas raças de cães, sempre foram animais domésticos.

O Pequinês era o cão oficial o Palácio Imperial Chinês e era proibido ter um destes fora dos muros do palácio.

A pena para o contrabando do Pequinês era a morte.

Assim, o Pequinês acabou passando boa parte de sua longa história restrito à China.




Ele foi apresentado ao ocidente somente em 1860, quando tropas francesas e inglesas invadiram um dos complexos do palácio.

Os soldados pegaram alguns dos Pequinês e os levaram como presentes. A rainha Vitória, da Inglaterra, por exemplo, batizou o seu de looty.

Anos depois, o Pequinês serviu como forma de estabelecer relações comerciais entre a China e os Estados Unidos.

Foi ente os anos de 1861 e 1908, que exemplares do Pequinês foram dados de presente.

Quando a filha do presidente Theodoro Roosevelt ganhou um destes, a raça se tornou popular no mundo todo.

Ele foi reconhecido como raça no ano de 1904.

Características do Pequinês

O Pequinês é um cão de pequeno porte, de pelagem média a longa.




A característica que mais diferencia o Pequinês dos outros cães pequenos é o preto da região dos olhos e focinho.

A pelagem do Pequinês tem uma enorme diversidade de cores e praticamente todas são aceitas.

Apesar de ser mais comum encontrar o Pequinês nas variações do caramelo, todas as cores, do preto ao branco são aceitas.

Aparência do Pequinês

O Pequinês era uma raça exclusiva dos nobres chineses
Pequinês: um cão de pequeno porte, lindo e brincalhão




Filhotinhos de Pequinês!
O olhar curioso do Pequinês
O Pequinês tem padrões diversos de pelagem

Comportamento do Pequinês

O Pequinês, com seu pequeno porte, nunca vai começar uma briga, mas sua coragem não o deixará fugir de nenhuma.




Talvez seu sonho seja o de ser u bravo cão de guarda, o que pode até lhe trazer problemas por enfrentar qualquer adversário.

Corajoso, o Pequinês é bem indiferente a estranhos, mas muito devotado e fiel a sua família.

Uma das características comportamentais que os diferencia dos demais cães é sua independência emocional.

O Pequinês não é aquele cão que vai te seguir pela casa em busca de atenção, apesar de ter traços de personalidade afetuosos.




Mas não se engane: eles gostam de um colinho…

Porém, a Página do Pet já avisa: teimoso é seu segundo nome!

A raça é reconhecidamente uma das mais teimosas que se conhece, mas um adestramento precoce pode ajudar.

Alimentação

A quantidade de ração para todo animal de estimação depende de sua raça, porte, idade e nível de energia gasto.

O Pequinês precisa de alimentação de qualidade, que atenda suas necessidades nutricionais para manter sua vitalidade.




Escolha uma ração adequada para seu pequeno porte.

A quantidade da ração pode ser discutida com um médico veterinário ou segundo as orientações do fabricante.

Nunca deixe comida à disposição na vasilha do seu Pequinês, ele vai acabar comendo mais do que precisa e pode desenvolver a obesidade.

A água deve sempre der trocada, mantendo-se fresca e limpa.

Saúde

O Pequinês é uma raça de cães bem antiga que não sofre de doenças genéticas.




Porém, como toda raça de cães, pode sofrer de algumas condições. Fique atento a dermatites, luxação patelar e algumas vezes o palato mole.

Siga sempre corretamente o calendário de vacinação de seu pet e se possível, o leve ao médico veterinário a cada 6 meses.

Assim você terá um animal de estimação sempre saudável e poderá prevenir possíveis problemas de saúde precocemente.

Mantendo uma rotina básica de cuidados e monitorando sua forma física você terá um pet feliz!

Como Cuidar do Pequinês

Preço Pequinês

O valor de um filhote de Pequinês ou de qualquer outro cão de raça depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada, se são campeões nacionais, internacionais etc.

É possível encontrar filhotes teimoso e brincalhão Pequinês custando aproximadamente R$ 1.200 a R$ 3.500.

A Página do Pet sempre recomenda a adoção responsável e a aquisição de filhotes de criadores certificados, com pais e avós sem doenças genéticas.

Infelizmente existem criadores que submetem fêmeas a situações degradantes apenas visando o lucro com a venda de filhotes.

Comprar um cão implica em responsabilidade de alimentar, vacinar, levar ao médico veterinário, tratar com amor, carinho e educar.




Antes de decidir comprar um cachorro é importante ainda lembrar que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs, esperando uma família amorosa.

Adotar é um ato de amor.