Parvovirose Canina – É grave, mas tem tratamento! Saiba tudo aqui!

A Parvovirose Canina é uma doença altamente contagiosa, sendo uma das doenças mais comuns em cachorros.

A principal característica da Parvovirose Canina é a diarreia com sangue! Aqui na Página do Pet já explicamos a importância em se observar as fezes de seu cãozinho e os sinais que elas podem dar sobre a saúde dele!

A vacina ainda é uma das principais formas em se evitar a doença, mas ainda assim, pode acontecer de um cão estar vacinado contra a Parvovirose Canina e adquirir a doença!




A Página do Pet sempre recomenda a ida ao médico veterinário como forma tratar seu bichinho da melhor forma, mas vamos sempre te deixar informado!

A Parvovirose Canina é permeada por muitas informações, nem sempre corretas. Então, leia agora e saiba tudo o que é preciso para proteger seu cão!

Parvovirose Canina tem tratamento? Tem cura? Pode ser transmitida para os humanos? Como prevenir?

Saiba tudo sobre a Parvovirose Canina!

Parvovirose Canina – Fique atento!

Descubra se seu cãozinho tem Parvovirose Canina!
Descubra se seu cãozinho tem Parvovirose Canina!

O que é Parvovirose Canina ?

A Parvovirose Canina uma doença infecciosa e contagiosa! Suas taxas de infecção costumam ser muito altas entre os filhotes, mas afeta os cães de todas as idades.




Esta grave infecção que se transmite através do contato com fezes que contenham o vírus parvovírus, ataca o sistema digestivo, os glóbulos vermelhos do sangue e, nos filhotes pode chegar até aos músculos cardíacos.

A Parvovirose Canina é causada pelo Parvovírus Canino. Se esta doença não for tratada a tempo pode levar o animal à morte em poucos dias.

Os parques e regiões frequentados habitualmente pelos cachorros são os locais onde a possibilidade de contágio dessa enfermidade é mais alta.

Como a Parvovirose Canina é Transmitida

A Parvovirose Canina é causada pelo Parvovírus Canino através de contato direto. Os cães ingerem o vírus que pode ser encontrado em todas as partes.




Este vírus, diferente de outros que precisam de um ambiente propício para sobreviverem,  é conhecido por sobreviver com objetos inanimados como roupas, panelas de comida ou pisos por muitos meses.

Se inicialmente as fezes dos cachorros infectados apresentam o vírus, ele pode permanecer oculto e ser transportado nas patas ou no pelos e até pelos nossos sapatos.

A transmissão da Parvovirose Canina também pode se dar por via intrauterina, da cadela para seus filhotes.

Nos filhotes, o risco de infecção aumenta entre o período do desmame e os quatro meses de idade. Dessa forma, é importante que o filhotinho não saia de casa até que tenha completado o calendário de vacinação.

Além disso, existem algumas raças como o Rottweiler, o Doberman e o Labrador que são mais propensas a serem contaminadas pelo parvovírus.

Os cachorros que não foram vacinados contra o parvovírus canino têm maior probabilidade de serem infectados, assim como rottwilers, dobermanns e labradores.

Parvovirose Canina tem Cura ?

A Parvovirose Canina é uma doença grave e mata!




É passível de tratamento, mas seu resultado depende da imunidade do cachorro, o estágio atual da doença (se ficou muito tempo com o vírus sem ter tratamento) e da atuação do médico veterinário.

A Página do Pet lembra que o sucesso do tratamento depende da saúde de seu cão, de seguir o tratamento e do estágio da doença.

Parvovirose Canina pode ser transmitida para Humanos ?

Não! Até hoje, não foram encontrados casos de contaminação da Parvovirose Canina para humanos.

Quais os Sintomas da Parvovirose Canina ?

Observe o comportamento de seu cãozinho! Veja os principais sintomas da Parvovirose Canina:

  • Vômito
  • Letargia
  • Anorexia
  • Grande perda de peso
  • Febre
  • Diarreia com sangue
  • Desitratação

É importante que você saiba que em cães adultos contaminados, ás vezes poucos sintomas aparecem e até mesmo nenhum!

A maioria dos casos da doença são observados em cães com menos de 6 meses de idade, com os casos mais graves que ocorrem em cachorros com menos de 12 semanas de idade.

Como Diagnosticar Parvovirose Canina ?

Nem sempre a diarreia com sangue significa a Parvovirose Canina!

Para se ter uma confirmação do diagnóstico somente através de um exame de sangue.

Tratamentos da Parvovirose Canina

Após o diagnóstico da Porvovirose Canina a primeira coisa a se fazer é isolar seu animalzinho para evitar o contágio de outros.




Geralmente, um cão com Parvovirose Canina fica desidratado podendo até ser internado para repor as perdas devido à desidratação. Outra situação comum é o cão perder o apetite.

A Parvovirose Canina não se cura sozinha e é muito importante o auxílio do veterinário! Esta doença não tem um tratamento específico, então vai se tratar os sintomas e estimular o sistema imunológico de seu cão.

Inicie o tratamento o mais cedo possível combatendo a desidratação, a alimentação de forma gradativa, controle a diarreia e o vômito para não piorar a desidratação e uma possível subnutrição.

O tratamento pode ser caro e não assegura a recuperação do animal, ainda que sempre exista uma maior possibilidade de que o cão se recupere com o tratamento do que sem ele.

Existe Vacinação para Parvovirose Canina ?

Sim existe!




Mas primeiro é importante saber que se um cachorro se recupera da Parvovirose Canina, ele fica imune a reinfecção para, provavelmente, pelo menos, 20 meses e, possivelmente, para a vida. Além disso, após a recuperação, o vírus não é mais eliminado nas fezes.

A vacina contra a Parvovirose está presente na v8 e na v10. As vacinas são seguras e não causam a doença.

A principal causa do fracasso de vacinas é um nível de interferência de anticorpos maternos contra a parvovirose canina. Os anticorpos maternos são os anticorpos presentes no leite da mãe durante as primeiras 24 horas após o nascimento do filhote.

Como Prevenir Parvovirose Canina

A Parvovirose pode ser prevenida de duas principais formas:

  • Vacinação preventiva
  • Limpeza do ambiente

Tratamento Caseiro para Parvovirose Canina