Jack Russel Terrier – Um cão corajoso, teimoso cheio de energia!

O Jack Russel Terrier é uma raça de cães que ficou famosa com o filme “O Máscara” ao lado do ator Jim Carrey.

Criadores definem o Jack Russel Terrier como um cão com a personalidade maior do que seu tamanho.

É uma raça de cães de pequeno porte, bem enérgica, agitada, sociável, companheira e leal. Mas exigem bastante atenção de sua família.




Se você nunca teve um pet, talvez ele não deva ser sua opção devido a grande quantidade de energia que ele detém.

Outa característica do Jack Russel Terrier é a teimosia, percebida logo no começo da adoção.

É um cão bem inteligente e aprende tudo muito rápido, tanto os bons quanto os maus comportamentos.




Apesar de seu porte não fazer do Jack Russel Terrier um cão de guarda, seu espírito vigilante faz com que ele avise sua família sobre qualquer ruído suspeito.

Continue lendo e saiba mais sobre esta raça de cães! Quer conhecer outros terriers?

A Página do Pet tem o perfil do Bull Terrier, Airedale Terrier  e o West Highland White Terrier e se apaixone!

Jack Russell Terrier – Um cão de muita personalidade!

Este é o Jack Russel Terrier
Este é o Jack Russel Terrier

Origem da Raça Jack Russell Terrier

O Jack Russell Terrier é originalmente uma raça de cães caçadores de raposa.




A raça foi desenvolvida no sul da Inglaterra há aproximadamente 200 anos atrás.

O Jack Russel Terrier é provavelmente o resultado do cruzamento de diversas raças de cães.

Entre eles o extinto Old English White Terrier e o Terrier Preto e Dourado que se parece com o Manchester antigo.




Ele surgiu quando um estudante que se chamava Jack Russel conheceu um fofo terrier que se chamava Trump, e foi amor a primeira vista.

Trump foi o pai dos Jack Russel Terrier que era um exímio caçador de raposas por ser pequeno, ágil, e perfeito para entrar em buracos e tocas.

Características do Jack Russell Terrier

O Jack Russel Terrier é um belo cãozinho de pequeno porte e cheio de energia. Sua pelagem é predominantemente branquinha com manchas pretas e/ou castanhas.

A pelagem pode ser lisa, quebrada ou dura (áspera), esta é a menos comum no Brasil.

Tanto o focinho quanto a mandíbula do Jack Russel Terrier são mais largas e fortes. Os olhos são escuros, pequenos e com as bordas amendoadas.

As orelhas compridas do Jack Russel Terrier quase sempre estão caídas ou semi-caídas.




É muito comum que as manchinhas coloridas apareçam na face como uma forma de máscara.

Aparência do Jack Russell Terrier

Jack Russel Terrier para todos os gostos!
Jack Russel Terrier para todos os gostos!
Alguns exemplares do Jack Russel Terrier tem as manchinhas em forma de máscara
Alguns exemplares do Jack Russel Terrier tem as manchinhas em forma de máscara




O Jack Russel Terrier é sempre enérgico!
O Jack Russel Terrier é sempre enérgico!
Um Jack Russel Terrier deitadinho é coisa rara...
Um Jack Russel Terrier deitadinho é coisa rara…




Um filhotinho lindo de Jack Russel Terrier
Um filhotinho lindo de Jack Russel Terrier

Comportamento do Jack Russell Terrier

O Jack Russell é uma raça de cães alegre, enérgica e muito leal a sua família.

São cães muito inteligentes, independentes e teimosos. Para criar um Jack Russel Terrier é necessário pulso firme, delicadeza e muita paciência.

Sua ancestralidade como caçador de raposas os faz até hoje caçarem bichos menores, bolinhas, cavar no quintal, roubar uma meia…

O Jack Russel Terrier é um cão engraçado, sempre disposto e muito, muito serelepes.




É possível que eles se adaptem a uma família menos agitada mas o normal é que sejam sempre muito dispostos para as brincadeiras agitadas.

Uma vida em apartamento é possível, desde que sejam levados diariamente para passeios e exercícios.

Muitas vezes o Jack Russel Terrier vai te lembrar de que é um grande caçador, ele não pode evitar seus instintos!

A raça costuma ser bem agressiva com outros cães e animais menores do que eles. São considerados uma das raças mais corajosas de todas, esteja atento e nunca o deixe sozinho com outros pets.

Alimentação

A quantidade de ração para todo animal de estimação depende de sua raça, porte, idade e nível de energia gasto.




O Jack Russel Terrier precisa de alimentação de qualidade, que atenda suas necessidades nutricionais para manter sua vitalidade.

Escolha uma ração adequada para seu pequeno porte mas alto nível energético. A quantidade da ração pode ser discutida com um médico veterinário ou segundo as orientações do fabricante.

Nunca deixe comida à disposição na vasilha do seu Jack Russel Terrier, ele vai acabar comendo mais do que precisa e pode desenvolver a obesidade.

A água deve sempre der trocada, mantendo-se fresca e limpa.

Saúde

O Jack Russel Terrier  é uma raça de cães bem enérgica e saudável, mas como todas as raças pode sofrer com algumas condições de saúde.

O Jack Russel Terrier  pode sofrer com problemas oftalmológicos, como o deslocamento de retina e a catarata.

Outra doença que pode afetar o Jack Russel Terrier é a Doença de Williebrand, relacionada a coagulação do sangue.

As epilepsias e dermatites também não são incomuns.

Siga sempre corretamente o calendário de vacinação de seu pet e se possível, o leve ao médico veterinário a cada 6 meses.

Assim você terá um animal de estimação sempre saudável e poderá prevenir possíveis problemas de saúde precocemente.

Como Cuidar do Jack Russel Terrier

 

Preço do Jack Russel Terrier

O valor de um filhote de Jack Russel Terrier ou de qualquer outro cão de raça depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada, se são campeões nacionais, internacionais etc.

A raça não é muito popular no Brasil, com mais incidência na Inglaterra, mas é possível encontrar filhotes deste adorável peludo custando aproximadamente R$ R$ 3.000 a R$ 4.500.




A Página do Pet sempre recomenda a adoção responsável e a aquisição de filhotes de criadores certificados.

Infelizmente existem criadores que submetem fêmeas a situações degradantes apenas visando o lucro com a venda de filhotes.

Antes de decidir comprar um cachorro é importante ainda lembrar que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs, esperando uma família amorosa.

Adotar é um ato de amor.