Dogo Argentino – Amoroso com a família, territorialista com estranhos.

O Dogo Argentino é a única raça de cães argentina e foi cuidadosamente elaborada para ser o cão de caça perfeito.

O Dogo Argentino é um cão forte, ágil, potente e enérgico, um uma expressão incrivelmente dócil e amistosa.

A raça é super inteligente e aprende comandos com muita facilidade e guarda características de muitos cães que serviram de base para sua formação.




Pensado inicialmente como um cão de caça e rinhas, hoje ele é um eficiente cão policial na Argentina e trabalha até como cão guia.

Com invasores o Dogo Argentino costuma ser agressivo e territorialista, com a família, fiel e muito afetuoso.

Se você nunca adotou um Dogo Argentino, talvez ele não deva ser sua opção. É preciso um dono firme, disposto a ser o líder e capaz de ensinar o certo e o errado.

Continue na Página do Pet e saiba mais sobre o Dogo Argentino e veja lindas fotos.

Quer conhecer pets que não são grandes e sim gigantes? Conheça o São Bernardo, o Cane Corso, o Terra Nova e o Mastiff!

Gato gigante? Temos também! Saiba tudo sobre um bichano que mede mais de um metro, o Maine Coon!

Dogo Argentino – Idealizado para ser um perfeito caçador!

Este é o Dogo Argentino
Este é o Dogo Argentino

Origem da Raça Dogo Argentino

O Dogo Argentino é uma raça de cães bem recente que só foi reconhecida a pouco tempo, sendo a única da Argentina.




A história do Dogo Argentino começou quando dois irmãos argentinos, António Nores Martinez e Augustin Nores Martinez se empenharam em desenvolver a raça de cães perfeita.

O cão ideal deveria ser forte, corajoso, imbatível nas rinhas e eficaz na caçada aos javalis e pumas.

Tudo começou com uma fêmea da raça Viejo Perro de Pelea Cordobés, tradicional por jamais desistir de uma briga, mesmo que morresse.

Com esta matriz, outras raças foram tazidas, cada uma com um proposito:

  • Dogue Alemão para aumentar o porte da nova raça
  • Bulldog Inglês para elevar a resistência a dor
  • Boxer pela personalidade vivaz e inteligente
  • Mastim dos Pirineus por seu grande porte, rusticidade, olfato apurado e pelagem branca
  • Pointer Inglês para melhorar o olfato nas caçadas

A ideia é que a nova raça tivesse o melhor de cada raça e com a pelagem branca.




A tentativa da criação do Dogo Argentino durou 25 anos até que em 1928 o primeiro padrão para a raça foi definido.

O Dogo Argentino era um cão veloz e combativo e foi rapidamente popularizado como um grande caçador de javalis e plumas.

Ele logo se tornou um sucesso em toda a Argentina.

Características do Dogo Argentino

O Dogo Argentino é um cão de grande porte e corpo musculoso e maciço.

Seu grande crânio é convexo e complementado com mandíbulas altamente desenvolvidas.

Os dentes do Dogo Argentino são fortes e muito bem plantados.

Os olhos são amendoados, separados no alto da cabeça e de cor escura. No topo da cabeça estão as orelhas de tamanho médio, largas, mantidas caídas e bem aplicadas contra a face.

Os membros inferiores são retos e harmônicos em relação ao resto do corpo.




A pelagem do Dogo Argentino é lisa, macia ao toque e costuma ser toda branca, mas pode ter manchas pretas ou de cor escura ao redor dos olhos.

Aparência do Dogo Argentino

O Dogo Argentino é todo branquinho e as vezes tem algumas machinhas pretas
O Dogo Argentino é todo branquinho e as vezes tem algumas machinhas pretas
O Dogo Argentino é a única raça criada naquele país
O Dogo Argentino é a única raça criada naquele país




Momento fofura um um filhotinho de Dogo Argentino
Momento fofura um um filhotinho de Dogo Argentino
Dogo Argentino: lindo, doce, protetor!
Dogo Argentino: lindo, doce, protetor!

Comportamento do Dogo Argentino

O Dogo Argentino tem um comportamento bem específico, de um cão cuidadosamente elaborado.

Ágil, combativo, forte, com um apurado olfato e comportamento de caçador.

Este é um cão muito versátil! As brigas de cães não existem mais e eles tem novas funções.




A principal de hoje é como cão de guarda e patrulha da Polícia Federal Argentina e como guia de cegos.

Como cães de guarda são atentos e silenciosos.

Se você nunca adotou um cão, o Dogo Argentino não deve ser sua primeira opção, ele precisa de um líder.

O Dogo Argentino é muito fiel, inteligente e aprende comandos com incrível facilidade.

Apesar de muito pacientes e amorosos com as crianças, recomenda-se não deixar o Dogo Argentino com elas, devido a seu grande tamanho.

São amorosos com a família, mas extremamente protetores e territorialistas.




É preciso socializar o Dogo Argentino com outros pets desde cedo, mas ele dificilmente conviverá com outo macho.

A raça foi proibida em vários países, como a Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia e Islândia, por ser considerada agressiva.

Alimentação

A quantidade de ração para todo animal de estimação depende de sua raça, porte, idade e nível de energia gasto.

O Dogo Argentino precisa de alimentação de qualidade, que atenda suas necessidades nutricionais para manter sua vitalidade.

Escolha uma ração adequada para seu grande porte e gasto energético.




A quantidade da ração pode ser discutida com um médico veterinário ou segundo as orientações do fabricante.

Nunca deixe comida à disposição na vasilha do seu Dogo Argentino, ele vai acabar comendo mais do que precisa.

A água deve sempre der trocada, mantendo-se fresca e limpa.

Saúde

Os cães da raça Dogo Argentino, como a maioria dos cães brancos, tem propensão à surdez.

Seu grande porte também os deixa mais suscetíveis à displasia coxofemoral.




Siga sempre corretamente o calendário de vacinação de seu pet e se possível, o leve ao médico veterinário a cada 6 meses.

Assim você terá um animal de estimação sempre saudável e poderá prevenir possíveis problemas de saúde precocemente.

Mantendo uma rotina básica de cuidados e monitorando sua forma física você terá um pet feliz!

Como Cuidar do Dogo Argentino

Preço do Dogo Argentino

O valor de um filhote de Dogo Argentino ou de qualquer outro cão de raça depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada, se são campeões nacionais, internacionais etc.

É possível encontrar filhotes do Dogo Argentino custando aproximadamente R$ 1.500 a R$ 4.000.

A Página do Pet sempre recomenda a adoção responsável e a aquisição de filhotes de criadores certificados, com pais e avós sem doenças genéticas.

Infelizmente existem criadores que submetem fêmeas a situações degradantes apenas visando o lucro com a venda de filhotes.

Comprar um cão implica em responsabilidade de alimentar, vacinar, levar ao médico veterinário, tratar com amor, carinho e educar.




Antes de decidir comprar um cachorro é importante ainda lembrar que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs, esperando uma família amorosa.

Adotar é um ato de amor.