Bicho de Pé em Cachorro – O que é? Como tratar? Super dicas!!!

O Bicho de Pé em Cachorro preocupa muitos donos de pets já que muitas vezes só é percebido quando está desenvolvido e seu animal apresenta dor e dificuldades de andar.

O Bicho de Pé em Cachorro na verdade é uma espécie de pulga, a menor de todas. Este Bicho de Pé em Cachorro, nome é popularmente conhecido é um inseto que penetra no animal. Proteja seu amigo de ter bicho de pé.




Saiba aqui tudo sobre o Bicho de Pé em Cachorro:sua forma de se desenvolver, tratamento e como evitar. A Página do Pet vai ensinar a você tudo sobre o Bicho de Pé em Cachorro.

Bicho de Pé em Cachorro – Tire todas as suas dúvidas!

Bicho de Pé em Cachorro
Bicho de Pé em Cachorro

O que Bicho de Pé

O Bicho de Pé em Cachorro (Tunga penetrans), é na verdade uma pulga muitas vezes não percebida no ambiente. O Bicho de Pé em Cachorro  se aloja na pele de seu cachorro, ou mesmo na sua.




É possível reconhecer facilmente quando seu animalzinho está com bicho de pé, pois em volta do local de penetração da pulga causadora se forma uma área amarelada de infecção.

 

 Como o Bicho de Pé se Desenvolve

O Bicho de Pé em Cachorro,  após se alojar causa uma infecção que incha e causa dor no local e ao redor.




De forma geral, Bicho de Pé se aloja nas  unhas ou entre os dedos dos pés, mas pode ter  o bicho em qualquer parte do corpo.

As larvas do Bicho de Pé em Cachorro podem viver livremente em solos arenosos, quentes e secos, ou mesmo em ambientes úmidos tipo chiqueiros de porcos.

A fêmea do Bicho de Pé é quem penetra a pele do cachorro e se aloja. Lá, a pulga que causa o Bicho de Pé em Cachorro se alimenta de sangue e deposita ovos.

A fêmea do Bicho de Pé em Cachorro pode depositar até 200 ovos ao dia, durante até 10 dias. Depois a fêmea morre e cai ao solo.

cães

 

 

Como Diagnosticas Bicho de Pé em Cachorro ?

O Bicho de Pé em Cachorro aloja-se no corpo do seu cãozinho em qualquer lugar, mas de forma geral, nas solas dos pés, os chamados conxins e abaixo das unhas.




O diagnóstico pode ser feito de forma visual. Quando seu cachorro tem Bicho de Pé, aparecem lesões visíveis, do tamanho de um grão de ervilha ficando com o segmento abdominal paralelo à superfície da pele exposto.

 

Sintomas de Bicho de Pé em Cachorro

Quando o cachorro tem Bicho de Pé, ele se coça muito e tem dificuldade ao andar. É muito importante que se fique atento ao Bicho de Pé em Cachorro porque as lesões causadas podem ser porta de entrada para outras infecções graves.




 

Como evitar o Bicho de Pé em Cachorro

Para evitar o Bicho de Pé em Cachorro mantenha o ambiente de circulação de seu animalzinho limpo e higienizado e desinfete o terreno.




Você pode se utilizar de inseticidas que contenham bifentrina, ciflutrina, esfenvalerato, clorpirifós, diazinombifetrina, carbaril, cialotrina ou permetrina na sua fórmula para tratar o Bicho de Pé em Cachorro.

Leia atentamente o rótulo dos produtos para identificar sua eficácia contra a pulga causadora do Bicho de Pé em Cachorros.

 

 

cães
Cães

Tratamentos para Bicho de Pé em Cachorro

Para tratar o Bicho de Pé em Cachorro se tem algumas opções. Uma delas é remover completamente o Bicho de Pé com uma agulha já esterilizada e fazer uma boa higiene local.

Outras formas de tratar o Bicho de Pé em Cachorro são:

  • Crioterapia
  • Medicamentos antiparasitários tópicos, tipo pomadas ou cremes
  • Medicamentos antiparasitários orais
  • Remoção por pinça
  • Remoção por curetagem, caso o bicho de pé esteja cheio de sangue e não possa ser removido apenas com pinça.

É possível ainda tratar o o Bicho de Pé em Cachorro com medicamentos e injeções. Recomenda-se também tratar as infecções secundárias e, se for o caso, vacinar contra tétano.

Remédios para Bicho de Pé em Cachorro

Para tratar o Bicho de Pé em Cachorro tem-se algumas opções como o própolis para ser aplicado após furar a pele onde o bicho está, a ivermectina, o Tiabendazol assim como o uso de pomadas à base de cânfora ou vaselina salicilada, ou com o mesmo princípio ativos dos vermífugos.