American Staffordshire Terrier – Um cão que une força e doçura!

O American Staffordshire Terrier é um cão incrivelmente forte e corajoso, além de muito inteligente.

O American Staffordshire Terrier tem a força dos antigos Bulldogs e a agilidade dos Terriers.

Apesar de ter sido originalmente um cão de luta, a raça é muito obediente, dócil e de fácil convivência se bem adestrada e socializada desde cedo.




Muitas pessoas os confundem com o Pitbull e com o Staffordshire Bull Terrier, mas são raças diferentes e de temperamentos diferentes também.

O American Staffordshire Terrier é o mais obediente, menor e menos agressivo das três raças.

Sua personalidade irá depender, além dos cruzamentos anteriores, da educação dada por seus tutores.

Um adestramento amoroso, positivo e assertivo poderá deixar seu American Staffordshire Terrier um cão de boa com outros pets.

Continue aqui na Página do Pet e saiba mais sobre o American Staffordshire Terrier e veja lindas fotos.





Que tal conhecer outros Terriers?

Jack Russel TerrierAiredale TerrierBull TerrierWhest Highland White Terrier e o Fox Paulistinha, o único brasileiro!

Leia agora!

American Staffordshire Terrier – Diversão e companhia!

Este é o American Staffordshire Terrier

Origem da Raça American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier, assim como o Staffordshire Bull Terrier são descendentes da mesma linhagem, por isto é tão comum que as pessoas os confundam.




O primeiro filhote com as características que daria origem às duas raças veio do cruzamento entre o antigo bulldog com alguns tipos antigos de terriers.

Este primeiro cão foi chamado provisoriamente de bull e terrier, e mais tarde de Staffordshire Bull Terrier.

Eles se tornaram populares como cães de briga que com o passar do tempo foi proibida, mas não deixou de ser realizada.




Esta vocação para as rinhas levou estes cães para a América ao final dos anos 1980.

Lá, ele passou a se chamar Pitbull Terrier, American Bull Terrier ou ainda Yankee Terrier.

Os americanos gostavam de cães de porte maior e começaram a separar os cães de maior porte.

No ano de 1936 foram reconhecidos como raça passaram a se chamar Staffordshire Terrier.

Em 1972 o nome foi mudado para American Staffordshire Terrier.

Características do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cão que chama a atenção por sua musculatura robusta e cabeça de contornos bem definidos.





Suas pernas dianteiras são bem robustas e fortes enquanto as traseiras lhe conferem melhor movimentação e agilidade.

As orelhas do American Staffordshire Terrier são implantadas no alto e seus olhos são arredondados e escuros, levemente afastados.

Ele aparenta a força muscular mas também a leveza por seu porte menor.

A pelagem do American Staffordshire Terrier é curta, dura e bem reluzente, com todas os padrões de cores aceitos, sejam unicolo, multicolor ou matizado.

Aparência do American Staffordshire Terrier

Com o American Staffordshire Terrier a diversão está garantida!





American Staffordshire Terrier: lindo desde sempre!

Momento de derreter os corações: um American Staffordshire Terrier sorrindo!





Um American Staffordshire Terrier está sempre pronto para brincar

Quando postas assim lado a lado, fica mais fácil distinguir as três raças

Comportamento do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cão naturalmente divertido e brincalhão.

Grande companheiro de sua família, tende a ser mais reservado com estranhos, mas se estiver perto de sua família pode ser mais simpático.

O American Staffordshire Terrier é conhecido por criadores como uma raça de cães bem teimosa e obstinada, mas de grande coragem.





Para adotar um American Staffordshire Terrier é preciso ter pulso firme, mas acima de tudo muito amor para lhe ensinar o que é certo.

Quando comparado aos Pits ou aos Staffordshire Bull, o American Staffordshire Terrier é o menos teimoso, mais tranquilo e menos violento com outros pets.

No entanto, devido a seu passado como cão de rinha, para convivência com outros pets deve acontecer socialização desde filhote e sempre supervisionada.

A raça é bem apegada aos donos e, se habituada desde cedo, convive bem com crianças.

Eles tem um forte instinto de luta e de territorialidade e podem atacar um desavisado que invada seu espaço, mas há casos em que um American Staffordshire Terrier não tenha a mínima vocação para cão de guarda devido ao grau de docilidade.

Alimentação

A quantidade de ração para todo animal de estimação depende de sua raça, porte, idade e nível de energia gasto.

O American Staffordshire Terrier precisa de alimentação de qualidade, que atenda suas necessidades nutricionais para manter sua vitalidade e alt gasto energético.





Escolha uma ração adequada para seu grande porte. A quantidade da ração pode ser discutida com um médico veterinário ou segundo as orientações do fabricante.

Nunca deixe comida à disposição na vasilha do seu American Staffordshire Terrier, ele vai acabar comendo mais do que precisa e pode desenvolver a obesidade.

A água deve sempre der trocada, mantendo-se fresca e limpa.

Saúde

O American Staffordshire Terrier é uma raça de cães relativamente antiga e bem saudável.





Claro que como toda raça de cães está propensa a condições desfavoráveis de saúde.

Como muitos cães de grande porte, a displasia de quadris é sempre uma preocupação.

Outras doenças que podem ocorrer com mais frequência são as cardiopatias, alterações endócrinas, alergias de pele e neoplasias.

Siga sempre corretamente o calendário de vacinação de seu pet e se possível, o leve ao médico veterinário a cada 6 meses.

Assim você terá um animal de estimação sempre saudável e poderá prevenir possíveis problemas de saúde precocemente.

Mantendo uma rotina básica de cuidados e monitorando sua forma física você terá um pet feliz!

Como Cuidar do American Staffordshire Terrier

Preço do American Staffordshire Terrier

O valor de um filhote de American Staffordshire Terrier ou de qualquer outro cão de raça depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada, se são campeões nacionais, internacionais etc.

É possível encontrar filhotes deste grande cão custando aproximadamente R$ 1.500 a R$ 5.000.

A Página do Pet sempre recomenda a adoção responsável e a aquisição de filhotes de criadores certificados, com pais e avós sem doenças genéticas.




Infelizmente existem criadores que submetem fêmeas a situações degradantes apenas visando o lucro com a venda de filhotes.

Comprar um cão, mesmo que seja somente com o intuito de se ter um guardião patrimonial implica em responsabilidade de alimentar, vacinar, levar ao médico veterinário, tratar com amor, carinho e educar.

Antes de decidir comprar um cachorro é importante ainda lembrar que existem muitos animais abandonados nas ruas ou resgatados por ONGs, esperando uma família amorosa.

Adotar é um ato de amor.