Akita – O cão sagrado japonês é fiel e protetor. Leia agora!

O Akita é uma raça conhecida por aquele filme em que o cão fica a espera de seu dono em uma estação de trem todos os dias.

Nesta história real do Akita, seu dono morre e ele continua a esperar todos os dias na estação, até o fim de sua vida.

Apesar de muito triste, é um filme que define muito a personalidade fiel desta raça de cães.




Além de sua personalidade forte, protetora e brincalhona, sua aparência atrai admiradores.

Seus antepassados eram cães de guarda e de caça originários do Japão, características e habilidades que os Akitas de hoje ainda guardam.

Ele exige atenção, treinamento e disciplina. Se você nunca adotou um pet, o Akita não deve ser sua escolha. Quem sabe um Golden Retriever?

Apesar de muito devotado á sua família ele não é simpático com estranhos e pode até ser agressivo com outros pets.

No mais, além de lindo é doce, silencioso, do tipo que só vai latir se realmente algo estranho acontecer.

Continue lendo e saiba mais sobre o Akita, este cão fiel e protetor.




Leia agora sobre sua origem, saúde, alimentação e veja lindas fotos.

Akita – Lindo e fiel!

Este é o Akita!
Este é o Akita!

Origem da Raça Akita

A raça Akita é provavelmente a mais conhecida e venerada entre as raças nativas japonesas.

Sua origem é a província de Akita, na ilha japonesa de Honshu, um lugar frio e montanhoso.

O Akita é considerado um dos cães mais primitivos cachorros do planeta com descendência muito próxima com lobos.




Antigamente o Akita era usados na caça de animais de grande porte como cães de guarda.

Conta a história que no século 17, quando um nobre com um grande interesse em cães foi exilado na província de Akita.

Ele teria desafiado proprietários de terras para competir na criação de uma raça de cães diferenciados e muito poderosos.

Eles foram chamados matagi-inu, ou “cão de caça”, eram os antepassados do Akita.

Em 1927 criou-se uma associação para a preservação do Akita original e em 1931 o Akita foi reconhecido como um dos tesouros naturais do Japão.

Características do Akita




O Akita é um cão de grande porte, robusto, bem balanceado com grande nobreza e dignidade com um ar muito simples.

Ele tem a cabeça proporcional em relação ao corpo e seu corpo é forte, largo e musculoso, com as costelas moderadamente arqueadas.

Quanto à pelagem, o Akita tem o pelo externo duro e reto e o subpelo macio e denso.

; a cernelha e a garupa são revestidas com um pelo ligeiramente mais comprido; o pelo da cauda é mais longo que o do resto do corpo.

As cores aceitas para a pelagem do Akita são o vermelho-fulvo, o sésamo (vermelho-fulvo com as pontas pretas), o tigrado e o branco.

Todas os padrões de cores, menos a branca devem apresentar o “urajiro”, que é a pelagem  esbranquiçada nas laterais do focinho, nas bochechas, na face.

Cauda do Akita é grossa e enrolada sobre o dorso e com a pelagem mais densa do que o resto do corpo.

Aparência do Akita

Quando o Akita tem a pelagem branca, não aceita outras variações
Quando o Akita tem a pelagem branca, não aceita outras variações




Momento fofura entre dois tipos de Akita
Momento fofura entre dois tipos de Akita
Quem resiste ao olhar do Akita?
Quem resiste ao olhar do Akita?
Este é o padrão de pelagem mais conhecido do Akita
Este é o padrão de pelagem mais conhecido do Akita
O Akita tem diferentes padrões de pelagens
O Akita tem diferentes padrões de pelagens

Comportamento do Akita

O Akita é um excelente cão com qualidades incríveis: corajoso, independente, obstinado,  tenaz, afetuoso com sua família, devotado e protetor dos membros da casa.




Apesar de todas as suas qualidades não é a escolha para pessoas sem experiência na criação de cães.

O Akita é uma raça muito territorial e protetora, de forma que dividir seu espaço com outro pet pode ser um problema, então, o habitue desde cedo.

Este cão fiel é conhecido por sua essência samurai e é muito discreto, só latindo quando julga necessário.

Quando filhotinho gosta de brincadeiras e crescerá um cão muito amoroso se criado em um ambiente familiar e harmonioso.




Graças a seus antepassados que eram cães de guarda ele tem um alto instinto protetor e quando sente que algo está ameaçando seu lar ou donos, pode se colocar em posição de ataque.

Se não respeitado ele poderá atacar. Educação e treino podem resolver este comportamento.

Alimentação

A quantidade de ração para todo animal de estimação depende de sua raça, porte, idade e nível de energia gasto.

O Akita deve ser alimentado com ração de alta qualidade de duas a três vezes ao dia com acesso constante à água.

Akita precisa de alimentação de qualidade para manter sua vitalidade, boa forma e a beleza dos pelos.

Você pode seguir a recomendação de um médico veterinário ou do fabricante da ração.

Nunca deixe comida à disposição na vasilha do seu cão. Isso não será saudável para ele.

Saúde

O Akita é um cão bastante antigo que não demanda muitas procupações devido à mistura de raças, como é o caso de muitos cães.

A principais preocupações são as mesmas de muitas raças: a displasia de quadril e a atrofia progressiva da retina.




Em casos bem menos frequentes estão as torções gástricas e a displasia de cotovelos.

Mais raras são as luxações da patela, epilepsias, cataratas e polineuropatia.

Observe o comportamento de seu cão e qualquer dúvida, procure um médico veterinário de sua confiança.

Como Cuidar do Akita

Preço do Akita

O valor de um filhote do Akita ou de qualquer outro cão de raça depende da qualidade dos pais, avós e bisavós da ninhada, se são campeões nacionais, internacionais etc.

É possível encontrar filhotes do Akita entre R$ 1.500 até 3.500.

A Página do Pet sempre recomenda a adoção responsável e a aquisição de filhotes de criadores certificados.